Embaixada de Portugal em Marrocos

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Bem-vindo à Embaixada de Portugal em Rabat

versaoportuguesa

Os Embaixadores da União Europeia em Rabat reiteram o compromisso em favor da acção climática

 

logo vf n

 

Na sua reunião mensal no dia 23 de novembro de 2016, os Embaixadores da União Europeia em Rabat manifestaram a sua satisfação pelos resultados da Cimeira do Clima e agradeceram a Marrocos a sua hospitalidade e a alta qualidade da organização da COP22, que teve lugar em Marrakech de 7 a 18 de novembro. Ao concentrar-se em soluções e ações práticas, em particular no continente africano, Marrocos contribuiu, de forma decisiva, para o sucesso da Conferência, consideraram.

Os Embaixadores também reiteraram o compromisso da União Europeia com vista à aplicação do Acordo de Paris, salientando a importância de uma acção climática que favoreça uma economia global mais sustentável, conforme a forte mensagem transmitida pela comunidade internacional na COP 22.

Poderá encontrar mais detalhes sobre os resultados da COP 22 aqui.

 

Governo publica o balanço do primeiro ano de governação

 

 imagegen

 

O Governo português traço um balanço positivo do seu primeiro ano de governação, destacando em particular o sólido desempenho das contas públicas portuguesas, com a previsão do défice mais baixo da democracia (2,4%) e a saída iminente do Procedimento por Défices Excessivos. O crescimento económico também registou uma evolução positiva, tendo a taxa de crescimento em cadeia registada no 3º trimestre sido a mais elevada desde 2013 (+0.8%) e a maior da zona Euro.

Este balanço positivo inclui ainda o investimento empresarial que registou uma subida de 7,7% em termos nominais no 1º semestre face ao período homólogo e uma clara melhoria das intenções de investimento dos empresários, que antecipam um crescimento do investimento de cerca de 6% em 2016. As exportações de bens registaram um crescimento homólogo de 6,6% no mês de setembro, a maior taxa de crescimento registada desde junho de 2015.
 
No que respeita ao emprego, durante o 3º trimestre registou-se a mais baixa taxa de desemprego desde o 1º trimestre de 2011, (10,5%), acompanhada por um crescimento do emprego, com a criação de cerca de 90 mil postos de trabalho  face ao período homólogo num contexto de aumento da população ativa.
 
Poderá consultar o documento integral aqui.
 
 
 

Useful links

portaldascomunidadesportuguesas 

emergenciaconsular

c a rgb

aicep

idi

carreiraint

turismport

portugalec

instituto nacional estatistica ine logo

banco de portugal

sugestoes